Ave Phoenix
Você está entrando no Forum Ave Phoenix - Renascido das Cinzas.
Seja bem vindo
Fale conosco
Entre em contato conosco. Sua opinião é muito importante.


phoenix.noankaa@gmail.com


/PhoenixnoAnkaa
Rede PNA MF






Uma rede de blogs trazendo informações do mundo Saint Seiya.
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


Stargate Atlantis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Stargate Atlantis

Mensagem por June de Camaleão em Qui Out 01, 2009 3:46 pm

Baseada na série de Tv Stargate Atlantis, a história gira em torno de um grupo de aventureiros de diversos países que exploram a Galáxia de Pégasus, em busca de novos povos, conhecimentos e também para defender o universo de novas ameaças.

Contém cenas de violência e drama.
avatar
June de Camaleão

Mensagens : 31
Pontos : 3018
Data de inscrição : 18/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A Criança Misteriosa

Mensagem por June de Camaleão em Qui Out 01, 2009 3:49 pm

Nesta fanfic, o Grupo comandado pelo Tenente Coronel John Shppard descobre num planeta ruínas de uma civilização desconhecida e restos de uma batalha feroz entre os Espectros e um diferente povo alienígena.
avatar
June de Camaleão

Mensagens : 31
Pontos : 3018
Data de inscrição : 18/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Parte 1: Segredos na Floresta

Mensagem por June de Camaleão em Qui Out 01, 2009 3:50 pm

Era mais um dia rotineiro nas missões da base da cidade fortaleza de Atlantis, na Galáxia de Pégasus, quando a Dra. Elizabeth Weir, a comandante e chefe responsável pela cidade, mandou que um grupo liderado pelo jovem Tenente-Coronel John Sheppard fosse investigar um planeta misterioso onde poderia existir um MPZ, ou seja: Uma fonte valiosa de energia que consegue manter e proteger a cidade.
Assim que o MALP, que é um aparelho usado para verificar as condições do ambiente e visualizá-lo, indicou que a atmosfera do planeta e o ambiente em si não ofereceriam riscos para os humanos, uma equipe foi enviada para o lugar, com o intuito de explorá-lo.

O Coronel escolheu como sua, uma equipe que habitalmente está acostumado a ir acompanhado em missões pelo portal: O Dr. Rodney MacKay, um brilhante e temperamental cientista canadense; Teyla, a jovem que outrora fora líder de seu povo, os Athosianos; e Ronon, um valente guerreiro e sobrevivente refugiado do planeta Sateda.

O portal para o qual seguiriam é em forma de um grande anel, feito de um metal na cor cinza-azulada que na Terra não existe, ou seja : O Naquadah, ou Naquadria, como ele é chamado em outros mundos. O grande aro é dividido em duas partes: Um anel interno e um anel extreno; e ele possui desenhos de constelações em suas partes, por onde são travados os vários símbolos que formam o mapa estelar de um determinado planeta que queiram visitar. O portal é uma espetacular invenção do povo chamado de Antigos, e cujo uso é muito importante para todos em Atlantis, a cidade também construída pelos Antigos, e descoberta pelos Tau'ris, que são como chamados os humanos que vieram da Terra.

Após discarem o endereço do planeta e atravessarem o portal interplanetário, entraram numa floresta densa e verdejante, que cobria as ruínas de uma civilização antiga e sofisticada, esquecida pelo tempo....

Estavam caminhando pela floresta, quando MacKay, um pouco cansado da fatigante caminhada, e dos insetos que teimavam em atacar o seu rosto, fez uma expresão desanimada, como que implorando para pararem... Seus amigos perceberam que ele estava ficando muito aflito com tudo isso... !!!

- Que foi... MacKay? - Perguntou Sheppard, quando olhou para seu amigo com preocupação.

- ARGH.... esses insetos não me deixam sossegado ! - Ele começou com a mão a afastar os insetos que pousavam em suas faces coradas pelo calor excessivo. - E além disso eu estou muito cansado de tanto andar.... E com muita sede !! - Disse exausto e arrefecido o cientista canadense.

- Então, toma ! - Disse bondosamente Teyla, enquanto estendia uma garrafinha de água pra ele.

- Como você é muito fresco, MacKay !! - Ronon olhou pra Rodney com uma expressão irritada. - Você só caminhou um pouquinho e já se cansou..... ?! Em Sateda, nós tínhamos que fazer testes de sobrevivência na floresta !!

- Ah... eu não sou forte como você.... e nem sequer sou um guerreiro..... - Disse entre golinhos de água que derramava pela garganta ressecada. - ...Sou um cientista..... Um homem de intelecto !! E obrigado...Teyla ! - Ele sorriu para a moça, enquanto lhe devolvia a garrafinha quase vazia. Ela olhou muito intrigada para MacKay, por ter bebido muito... mas depois ignorou isso e guardou na sua mochila o recipiente de água.

- Façamos uma breve pausa aqui para descansarmos..... - Disse Sheppard, enquanto tirava a mochila e a deixava no chão. A sua arma, uma P90, ele também retirou e ficou segurando-a, olhando atentamente para o ambiente em que se encontram. - Não iremos demorar muito, ok?

- Tudo bem, John.... - Teyla se sentou ao lado do militar, depois que também tirou a sua mochila. - Está melhor agora, Rodney ? - Ela sorriu amistosamente para MacKay, enquanto relaxava.

- Meus pés estão doendo de tanto andar.... Mas o calor deste planeta é de matar !! - MacKay tirou um lenço do seu bolso e enxugou o suor do seu rosto, vermelho de tanto calor.

Teyla estava descansando, de olhos fechados, quando de repente ficou sobressaltada por uma estranha sensação que sentiu. Mas decidiu não revelar nada para seus amigos, à fim de ter realmente certeza do que intuiu... E também para não incomodá-los.... Ainda mais para MacKay, que por diversas vezes fica duvidando das capacidades dos seus poderes, e afirmando que suas parnarfenálias tecnológicas são mais eficientes para detectar a presença dos inimigos conhecidos como Espectros do que as dela.
Porém, Sheppard percebeu que Teyla mudou a sua expressão e ficou deverasmente preocupado com a moça:

- Teyla... Está tudo bem contigo ?

- Ah..... Sheppard... eu estou bem.... Não é nada..... - Disse Teyla enquanto passava a mão sobre a testa, afastando a franja castanho-dourada dela. É claro que ela estava mentindo, pois não queria deixar seus amigos em pânico. E também desejava muito que fosse apenas uma impressão passageira... Para que todos eles não corressem o risco de se encontrarem com Espectros.

- Bem pessoal... Vamos continuar.... ! A hora do descanso terminou... - Sheppard pegou a sua mochila e a pôs em suas costas, ajeitando a P90 nas mãos, por precaução.

- Ei.... !! Sheppard.... Espere só mais um pouquinho !! - MacKay ficou um pouco aflito com as palavras diretas de seu amigo, porque preferia descansar mais um pouquinho, afinal ele odiava longas caminhadas !!

- Levanta logo daí, homem... Deixa de moleza !! - Ronon empurrou Rodney, decididamente para que ele pudesse tomar alguma iniciativa. Ver o cientista daquela maneira, o incomodava, por gostar muito de ser ativo e valente.

- AI !! Pega mais leve, Ronon.... Assim você me machuca !!

- Você não ouviu o que Sheppard disse ? Vamos embora !! - Disse enfaticamente Ronon.

- Parem vocês aí com esse falatório... !!! - Disse energicamente John. Porém, sua atenção foi desviada para Teyla que estava um pouco estranha. - Teyla.... ?? - Ele pousou a mão livre por sobre o ombro de sua amiga, solidariamente de tanta preocupação com o seu estado de espírito. E a olhou em seus olhos. - Tem certeza ?

- Sim... Sim.. Não se preocupe comigo, Sheppard.... - A moça deu um falso sorriso, com o intuito de não deixar todos mais preocupados, porque queria ter mesmo certeza do que está realmente sentindo, antes de contar pra eles. E assim, ela fez um esforço para não ficar daquele jeito....

Depois de um longo tempo de caminhada, eles encontraram um misterioso portão, que estava escondido pela vegetação selvagem daquele planeta. Se aproximando mais dele, perceberam que nele haviam umas estranhas inscrições numa misteriosa língua.

- MacKay.... Você consegue entender esses símbolos ? - Disse Sheppard enquanto que com a mão afastava as plantas, e depois com uma faca cortava os galhos da trepadeira que cobriam a porta oculta, deixando tudo preparado para MacKay verificar.

- Hum.... Isso se parece um pouco com o idioma dos Antigos.... - Ele alisou com a mão livre sobre a superfície da entrada e com os dedos entre os exóticos desenhos em alto relevo da porta cor de bronze, observando atentamente cada símbolo encontrado ali. - Porém tem algumas diferenças.... A pessoa mais adequada para analisar isso seria Elizabeth, pois ela conhece melhor os caracteres do idioma Antigo, se bem que eu tenha muitas habilidades nisso também... - Ele de fato não gosta de admitir que Elizabeth saiba mais coisas que ele, que de tão vaidoso, se acha brilhante, imbatível e genial como cientista, embora ele o seja... Porém ele encontrou muitos símbolos que não saberia reconhecer, e para escapar de uma situação constrangedora na frente de seus amigos, resolveu ter que reconhecer a capacidade da líder da cidade fortaleza de Atlantis... - E talvez, eu acho que no banco de dados dos Antigos, lá na base tenha alguma informação sobre isso...

- E o que você vai fazer, Rodney ? - Perguntou Teyla com curiosidade.

- Vou escanear essas runas, com o meu console e enviá-las para Elizabeth traduzi-las. - Com o equipamento em uma das mãos, MacKay ligou um botão dele, em que de imediato saiu um raio azulado que percorreu toda a superfície do portão bronzeado.

Logo após terminar de escanear os caracteres daquela língua desconhecida, MacKay enviou as informações para Elizabeth na base da cidade de Atlantis. E depois a chamou no intercomunicador:

- Elizabeth... nós encontramos as ruínas de uma cidade perdida, que aparentemente tem muitos milênios de existência... e tudo ali é semelhante as construções dos Antigos.... Mas não temos realmente certeza de que são. Por isso encontramos uns símbolos, numa língua parecida com as deles....

- Muito bem, Rodney ! Já recebemos a sua mensagem... E eu irei imediatamente tentar decifrar isso.... Me aguarde por um tempo... - Disse a Dra. Weir.

Ela se dirigiu até uma sala, onde haviam muitos arquivos com informações disponíveis coletadas pelos Antigos. E observou atentamente cada texto ali escrito, e chegou a uma conclusiva opinião :
Aquela língua era só um pouco parecida com a dos Antigos, porém não era da mesma raça alienígena que criou a cidade fortaleza de Atlantis, os Lantianos, que são comumente chamados de Antigos.

- Rodney... Sou eu de novo ! Eu tenho novidades ! - Disse Elizabeth enfaticamente.

- Sim.... Estou ouvindo, Elizabeth..... Pode dizer.... - Respondeu MacKay com um entusiasmo no seu tom de voz.

- Essas runas... definitivamente não são dos Antigos, embora se assemelhem um pouco a elas.... Mas assim mesmo consegui uma tradução um pouco grosseira daquelas inscrições.

- É MESMO ?! VOCÊ CONSEGUIU ?! - Exclamou MacKay com muita euforia.

- Sim... Rodney.... Consegui.... ! - Disse Elizabeth com forte entusiasmo.

- Conte logo !! Estamos aqui aflitos pra saber o que significam !! - Disse exultante de alegria, MacKay.

- Aqui diz: " Somente com a CHAVE PRIMORDIAL é permitido se abrir esta porta... E a entrada está lacrada (vedada... proibida) para quem não souber (ou ter... manipular...) entrar... " É mais ou menos isso... o restante não deu para traduzir.... Mas encontrei as palavras..... Xynx e.... Wooberk... que não sei o que significam.... Podem indicar nomes, lugares.... objetos ou armas... poderes... Talvez...

- Tudo bem... Já foi o suficiente..... - Disse um MacKay um pouco pensativo, enquanto observava a porta, em busca de respostas. - Obrigado, Elizabeth ! Se conseguirmos alguma coisa... Nós voltaremos a falar...... assim que obtivermos algum sucesso ! - MacKay desliga o intercomunicador.

" CHAVE PRIMORDIAL..... CHAVE PRIMORDIAL.....O que será.... e onde ela estará...... ?? "

MacKay ficou olhando à sua volta e em cada parte daquele portão..... Procurando.... Tudo atrás de uma pista qualquer que seja valiosa o suficiente para elucidar esse mistério tão profundo......

Sheppard, que estava encostado na parede, resolveu se apoiar com a mão direita na porta, à fim de se acomodar melhor. E passando com os dedos por um relevo, percebeu algo muito estranho e... curioso....

- O que é isto...... ?

De imediato, a pesada porta de cor bronzeada se abriu, revelando o seu interior...... Deixando a todos bastante atônitos !!!



- A Chave Primordial só pode significar uma coisa: Herança Atlante !! ....Quer dizer... gene Atlante..... Hum... isso é muito interessante.... - MacKay olha para Sheppard com um sorrisinho maroto no semblante. - Você conseguiu resolver isso, Sheppard !!

- Então vamos entrar !! - Disse o Coronel, empunhando a sua P90, enquanto adentrava pelo ambiente desconhecido e inexplorado.... Os outros o seguiam na sua cola......


Mal entraram naquele amplo recinto, as luzes tênues se acenderam milagrosamente, revelando o seu interior parcialmente sombreado.
Era de fato um salão enorme, com muitos equipamentos desconhecidos, iluminados por uma luz azul bem pálida. Haviam nas diversas paredes que davam acesso a vários corredores, inscrições naquele idioma desconhecido, que a Dra. Weir havia comentado que era um pouco semelhante a língua dos Antigos.

- Nossa... como isso é grande !! - Disse um MacKay bastante surpreso.

- É mesmo.... !! - Teyla, ao observar as paredes, ficou encantada com a beleza daquele lugar. - E é tão lindo.....

- Tem muito espaço aqui..... Não estou gostando disso..... - Disse um desconfiado Ronon.

- Os corredores mais parecem um labirinto !! É fácil se perder aqui !! - Exclamou o cientista canadense com medo no seu tom de voz, ao entrarem num dos corredores escolhidos por Sheppard.

- SHIII !! Fiquem quietos !! - Sussurou o militar com o dedo indicador nos lábios enquanto olhava para seus amigos.

MacKay que estava atrás de Sheppard, acidentalmente tropeça em algo e se vira para olhar.... Ele imediatamente fica com os olhos arregalados e o rosto lívido de terror.....

- AIIII !!!! Tem um cara morto aqui !!! Olhem.... !! - Todas as atenções se voltaram para o cientista canadense que deu um grito apavorante, que ecoou pelos amplos salões daquele misterioso recinto.

- Eu falei para ficar quieto, MacKay !!! - Vociferou Sheppard, já bastante irritado com os gritos dele.

- O que foi.... Rodney..... - Teyla se virou para olhar o que seu amigo estava vendo, e imediatamente pôs a mão na boca... com a expressão atônita. Ali, seus piores temores se confirmaram.... - Eu sabia... !! - Num ato falho, acidentalmente ela contou seus pressentimentos de perigo.

- Sabia o que.... ? - Perguntou Ronon sem entender o porquê.

- Isso..... - Disse a moça trêmula, enquanto apontava o dedo para um cadáver seco no chão.

- Se afastem um pouco... Vou verificar o corpo ! - Sheppard virou-se para Teyla e a encarou nos olhos com expressão de preocupação e nervosismo. - Se sabia disso... por que não nos contou ?! Teríamos te ajudado !!

- Eu... achei que foi só impressão minha... não tinha tanta certeza... e estavam um pouco longe e queria não preocupá-los..... - Disse a moça um pouco receosa.

- Mesmo assim, não deixe nada escapar... mesmo que esteja muito distante isso que você sentiu ! - O Coronel se agachou e examinou o corpo atentamente. MacKay atrás dele, tremia de medo. - É... Realmente este aqui foi vítima dos Espectros... E devem haver mais deles por aqui !!!

De fato, aquele cadáver estava todo murcho... Sobraram dele apenas ossos secos e um pouco de pele. Evidência mais do que concreta de que Espectros estiveram aqui e se alimentaram daquele ser.... Todos repararam que o defunto usava um estranho uniforme azul e branco, e era um pouco mais alto do que o normal para um humano mediano... Ou seja: Uma raça diferente da qual estavam habituados a ver....

Ronon foi verificar outras partes do corredor e encontrou mais corpos.... Mas dessa vez também de Espectros... Os inimigos foram mortos pelas armas que estavam nas mãos de alguns daqueles seres misteriosos.... Cujos rostos eram ligeiramente ovalados.... Todos com os mesmos uniformes azuis e brancos.

- Parece que houve uma luta aqui.... E usaram essas armas para se defenderem.... - Disse Ronon ao remover a arma da mão de um deles e verificar o cadáver de Espectro que estava próximo daquela criatura. - Eles se mataram uns aos outros... E este ferimento... parece uma queimadura... Fez um grande buraco no tórax deste Espectro. Mas assim mesmo, este sujeito morreu fazendo isso....

Sheppard se levantou e foi até onde estava Ronon, empunhando com firmeza sua P90... Teyla e MacKay seguiram-no. E então... eles repararam que a luz que era tão fraca, que impediu que daquele ângulo em que entraram, tivessem visto os corpos de Espectros e daquele misterioso povo.... Haviam mais corpos entre os corredores... indicando uma peleja feroz para defender aquele lugar.

- Ronon.... se eu estiver certo, acho que esse povo, que é dono deste lugar, lutou com a própria vida para proteger alguma coisa.... Quero que vá com Teyla para verificar se há mais corpos no lado de fora que não tenhamos visto.

- Pode deixar comigo... Sheppard !! - Disse com determinação, Ronon. E Teyla foi atrás dele, segurando uma P90 nas mãos.

Passados alguns minutos, quando Sheppard levou um assustado MacKay pra verificar mais corpos nos corredores, Ronon e Teyla vasculharam o matagal denso em volta do terreno onde fica o salão em que estiveram. Olharam tudo... e ao longe, além de perceberem dois Caças-Dardos dos Espectros, que aparentemente estavam abatidos, viram também alguns corpos de Espectros e daquele povo misterioso... Provando que a vegetação camuflou tão bem os cadáveres e as naves, que eles nãos os perceberam na primeira vez que passaram ali naquele lugar....

- Eu... sinto a presença de mais Espectros... Mas eles estão um pouco longe, apesar de estarem se aproximando.... Numa única Nave-Colméia.... - Disse Teyla um pouco tensa.

- Tem mais alguns perto da porta... e eu vi também no lado de dentro... Não sei como não vimos isso antes !! - Disse Ronon intrigado.

- Eu acho que quando nós entramos, passamos direto sem ver... E aquela luz fraca também contribuiu pra isso. -Teyla liga o intercomunicador para falar com o Coronel. - Sheppard, aqui é Teyla... Nós estamos entrando... Tem mais corpos do lado de fora, e também nas proximidades, encontramos dois Caças-Dardos, que parecem ter sido destruídos. Sinto a presença de Espectros, mas estão quase longe daqui..... E....

- Mais deles?! - Exclamou John. - O que mais você viram ?

- Estamos entrando novamente.... E.... - Ronon puxou Teyla pela manga do uniforme, e fez sinal com o olhar, mostrando para o chão, onde um cadáver daquele povo se encontra na porta. Teyla o observa atentamente, verificando os danos nele.... O corpo estava com uma das mãos tocando um dispositivo ao lado da porta. Aquele ser estava intacto, não devorado pelos Espectros, mas com um ferimento fatal. E tinha cabelos verdes e usava o mesmo uniforme dos outros de sua raça. - E... espere um pouco.... O Ronon me mostrou uma coisa que não tinhamos percebido antes.....

- Teyla... o que é?

- Encontramos um corpo de um daqueles desconhecidos seres, mas ele foi morto pelos tiros das armas dos Espectros, e não foi consumido por eles.... o cadáver está ao lado da porta, na parte de dentro, com uma das mãos num botão... Suponho que seja para fechar a porta.... e o curioso, é que ele tem cabelos verdes!!!

- Verdes ?! Mais alguma coisa... ? - Disse Sheppard animado e intrigado.

- Sim... e está vestindo o mesmo tipo de uniforme dos outros... Creio que eles conseguiram rechaçar os demais Espectros antes de fecharem a porta....

- Ótimo... Então você e Ronon venham até aqui, onde estamos, no terceiro corredor à direita.... Porque encontramos uma sala curiosa e diferente......

- Ok... Teyla desligando. Ronon... vamos nos juntar ao Sheppard e ao Rodney.... Eles encontraram uma coisa bem interessante!!

- Ora...... Então vamos logo !!


Enquanto isso.... Sheppard e MacKay vasculhavam cada parte daquele recinto, observando tudo atentamente.... Procurando entender o porquê daquelas câmaras de estase... e dos demais equipamentos espalhados em várias partes do ambiente. Muitas coisas ali estavam ocultas... O que aquele povo tanto queria esconder e guardar....?

Em poucos minutos, Ronon e Teyla chegaram no lugar onde MacKay e Sheppard se encontravam.... o cientista canadense fez um gesto para que os dois se aproximassem mais deles....

- O que vocês descobriram.... ? - Perguntou Teyla curiosa.

- Olhem para este salão..... está abarrotado de coisas que nos fazem lembrar um pouco daquela tecnologia dos Antigos e também dos Asgardianos.... Porém, creio que é tão avançada quanto a deles !! E tem mais.... Olhem pra isto também !! - Disse MacKay, apontando com o dedo indicador para as câmaras de estase, maravilhado e excitado de tamanha emoção ao ver tanta tecnologia alienígena junta num só lugar ! - Estão vazias..... infelizmente..... gostaria muito de conhecer esse povo....

- Nem todas, MacKay !! - Disse Sheppard mais ao fundo, quando descobriu uma que continha um ser dentro dela. - VENHAM AQUI.... e vejam isto.... !!!

Todos correram até o fundo daquele salão imenso, com muito entusiasmo e grandes expectativas, ante a descoberta do Coronel..... Ao olharem mais atentamente para aquela câmara de estase ocupada, eles ficaram assaz atônitos com o que estavam observando.... Era uma coisa realmente extraordinária !!!


- Mas isso... É INCRÍVEL !! - Exclamou um MacKay deverasmente pasmo. - Mas... BEM que esta descoberta poderia ter sido minha... eu é que sou o cientista brilhante... e..... e não ele !! - Ele olhou pra John com um pouco de desdém.

- Rodney... não importa quem tenha descoberto isto ! O mais importante é que tenhamos encontrado um sobrevivente de um massacre dos Espectros neste planeta !! - Disse bondosamente Teyla, com uma doçura, que costuma apaziguar os ânimos do cientista canadense.

- Ah.... está bem.... vocês venceram.... Mas desta vez passa !! - Disse Rodney enquanto examinava a câmera e as informações encontradas nela...

- Você vai abrir isto...? - Perguntou Ronon.

- Sim... e veremos no que vai dar nisso.... - Ele apertou um botão, que destravou a redoma opaca, que ao retroceder, revelou a existência de uma criatura de aspecto delicado e frágil.... - UAU !!!

A tal criatura deixou a todos estupefatos.... Ela usava um uniforme igual ao dos outros, ou seja: Azul e branco e com formas estranhas. A estatura e as feições do rosto indicavam que se tratava de um infante...... uma criança alienígena de cabelos lilás....

Um vapor leve ia saindo aos pouquinhos da câmera, fazendo um barulhinho semelhante ao de um vapor que sai de uma panela.... Depois que toda a névoa sumiu completamente, eles ficaram observando por alguns minutos aquela criatura que se assemelhava aos demais de sua espécie....

Uma grande expectativa tomou conta de todos naquele ambiente, quando lentamente os olhos daquela criança alienígena se abriram.... Eram olhos de formato ovalado e de cor alaranjada.....
E quando aquele ser resolveu se sentar, olhou para todos os presentes naquele recinto... Um por um... Tentando memorizar seus rostos e identificá-los... Mas não os soube reconhecer.... Eram pessoas por demais estranhas !!

Sheppard, MacKay, Teyla e Ronon o fitaram atônitos... mas também extasiados ao encontrarem uma criaturinha de feições tão leves, belas, e ao mesmo tempo que aparentava ser inofensiva.... Mas o mais incrível nisso é que se trata do único sobrevivente e quiçá testemunha daquele fatídico evento que aconteceu.... Um massacre monstruoso dos Espectros !!!


- Quem são vocês....? - Perguntou um pouco zonza a criatura.


O quarteto de exploradores, visitantes da cidade de Atlantis, na Galáxia de Pégasus se entreolhavam bastante surpresos e animados com as primeiras palavras daquele alienígena.... E várias perguntas saltaram na mente de cada um deles.....

" Quem é ele... ? E de que povo é..... ? "

" E o quanto que ele sabe sobre o que ocorreu aqui, neste planeta....? "

" E por que foi deixado neste lugar? "

" O que faziam neste planeta...? É o seu lar ? "

" E os outros do povo dele... onde estão ? E os Espectros....... ? "

" O que tanto escondia o seu povo.... Que segredos eles guardam tão bem..... ? "


São enigmas que carecem de serem decifrados.... Necessitando de uma explicação.....
Esta é uma charada que só a equipe da Dra. Weir poderá descobrir e concluir........


CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO...................................
avatar
June de Camaleão

Mensagens : 31
Pontos : 3018
Data de inscrição : 18/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stargate Atlantis

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum